sábado, 11 de julho de 2009

BOLO, BOLAS E BALAS PERDIDAS - A estranha relação entre risos e lágrimas, entre a vida e a morte

08.07.96 † 08.07.09
Todos nós sabemos muito bem que o mundo que a gente vive é cheio de contradições e paradoxos. Aliás, assim é a vida. No entanto, não cessamos de nos surpreender, e porque não dizer, nos chocar com algumas dessas circunstâncias que colocam em xeque nossa prepotência ou nossa idéia de que possuímos controle absoluto sobre as situações da vida.

Por mais que a vida nos prove e nos ensine que nem sempre os fatos transcorrem como a gente quer, nem tão pouco segue a ordem e o curso natural das coisas, nos assustamos quando nos deparamos com histórias como a da menina Letícia de apenas treze anos de idade, que dramaticamente tem sua vida abreviada por uma bala perdida, exatamente no dia do seu aniversário.

Definitivamente não há como descrever o que se passa na mente e no coração de uma mãe ao ver diante dos seus olhos, olhos que durante sucessivas noites ficaram sem repouso cuidando e cercando de afeto, aquela que de forma brutal e violenta é arrancada dessa vida, tal como uma flor que ainda não desabrochou.

No dia em que celebraria seu 13º aniversário, Letícia Botelho sai com sua mãe de Maricá, cidade onde foi morar para fugir da violência que impera na cidade do Rio de Janeiro, e vai para esta cidade para comprar um presente de aniversário.

Por ironia do destino, sua fuga tornou-se frustrada, pois, como fera que espreita sua caça aguardando o momento oportuno para dar o bote certeiro e fatal, assim a violência se lançou sobre Letícia (cujo significado é alegria) e sua família. Despedaçando sonhos, rasgando projetos, interrompendo expectativas, transformando alegria em dor, riso em pranto, festa em lamento, vida em morte.

Até quando seremos presas fáceis da violência urbana? Até quando ficaremos inertes e indiferentes a tanta violência que se propaga impiedosamente nas nossas esquinas? Até quando teremos que conviver com quadros tão dramáticos como este da menina Letícia que estampam as capas dos jornais quase que diariamente? Até quando suportaremos ver o mal triunfando sobre o bem e a injustiça prevalecendo sobre o direito? Até quando continuaremos vivendo sob esta estranha sensação de que vidas inocentes e preciosas poderão, igualmente, serem interrompidas a qualquer momento por uma bala perdida?

Como pai de três vidinhas preciosas, expresso aqui meu protesto e minha solidariedade com a dor da mãe e da família da pequena Letícia.

7 comentários:

Dougllas knnor disse...

e nesse ritimo muita mãe de LETÍCIAS vão chorar pq. esse pais e rei da impunidade.
Nossa sociedade e burra pq. não sabe escolher seus políticos e se vedem por migalhas, por isso continua essa guerra sitiada em nosso estado e pais!

Claudio Alvares disse...

Douglas, você está coberto de razão. Ontem mesmo, fiquei profundamente indignado ao ouvir as declarações de defesa do Sr. Cara de Pau Sarney negando evidentes nepotismos. Até quando ficaremos calados diante de tantos escandalos daqueles que foram eleitos para servirem ao país, mas que, no entanto, servem-se a SI MESMOS? Os caras continuam no poder, apesar de tantas evidências de falcatruas, nepotismos, desvios do erário, etc. Cadê a ética da Comissão de Ética? Tô revoltado!!!!

vagner luiz disse...

O problema é que a minoria, (os maus), agem com ousadia e intrepidês, enquanto os do bem, que são a maioria, são omissos ou medrosos.
E como eu comentei uma vez no blog do pr Marcio, "se tua voz tivesse força igual a imensa dor que sente, seu grito acordaria não só a sua casa, mas a vizinhança inteira inteira"
Renato Russo.
Fica como reflexão para todos, os do bem é claro!!!

Dougllas knnor disse...

E ISSO AI CONCORDO COM VCS DOIS!!

Hermes C. Fernandes disse...

Parabéns pelo belo trabalho com o blog.
Já estou seguindo.

Aproveito para lhe convidar a conhecer meu blog, e se desejar segui-lo, será uma honra.

Seus comentários também serão bem-vindos.

www.hermesfernandes.blogspot.com

Abraço fraterno.

Canditato a Servo Inútil disse...

Parabéns pelo blog, já estou seguindo. Dá uma passadinha no meu e vê se gosta.
http://candidatoaservoinutil.blogspot.com/

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

Prezado Pr Cláudio, uma alegria conhecer seu blog. O Eterno lhe conduza em triunfo. Sempre!

2 Co 2.14

Nele, Pr Marcelo

Visite>> http://davarelohim.blogspot.com/

e veja o texto:

A radiografia de uma sociedade doente.